Tá?

Quando estiver comigo e olhar as estrelas, conte aquelas que teus olhos alcançam, não as milhões que vem em tua mente.
Conte com o que puder ver ao lado meu, pois embora as estrelas tão longe se pendurem, você pode querer que elas curem, um dia cansado que a vida lhe deu.
Quando estiver comigo, e mesmo assim sentir-se sozinho, não se sinta mal, não lhe prometi completar os resto mundo ou que não precisasse de ninguém mais, apenas ofereci companhia para afastar-nos dessa agonia, que a falta um do outro traz.
E quando não comigo, acaso sinta minha falta, não procure-me em mais ninguém. De nada vale a saudade, esse gostinho de amor sem fim, se não faltar um pouco de mim em tudo que lhe convém.
Se quando chorar meu rosto não chegar ao teu, não te apavores amor meu. É que fico tão leve quando lhe almejo, que por maior que seja meu desejo, o vento é mais forte que eu.
E quando fores cantar como cantam os passarinhos, não lembre-se mais do ninho. Cante alto e comece a voar. Quem sabe não passas a minha porta, perto dos meus carinhos, descansa à minha janela e não saia mais de lá.

E quando enfim viajar o mundo, sabendo que a cada segundo estive aqui lhe querendo tanto, voa lá pra minha janela, estarei a tua espera com saudade do teu canto.
*-

0 comentários:

Postar um comentário

 
Coisas de Drii © 2012 | Designed by Bubble Shooter , in collaboration with Reseller Hosting , Forum Jual Beli and Business Solutions